/Design de móveis: madeira maciça como matéria-prima

Na última semana um grande arquiteto e designer de móveis brasileiro nos deixou: Sérgio Rodrigues. Observando sua obra é fácil se encantar por suas peças feitas de madeira maciça. Seu trabalho me inspirou a falar desta matéria-prima tão antiga e versátil. Hoje temos muitos tipos de materiais à disposição, mas foi com a madeira que tudo começou.

Durante muito tempo a madeira maciça foi a principal matéria-prima utilizada na fabricação de móveis no Brasil. Não há como negar que ela sempre foi abundante no nosso país. No entanto, isso não garantiu que os móveis de madeira se tornassem um produto acessível e facilmente encontrado nas casas brasileiras.

Um exemplo dessa realidade está nos acervos dos museus mineiros onde podemos observar uma série de móveis do século XVIII, feitos de madeiras nobres, com mil entalhes e pinturas, pertencentes às famílias ricas da colônia e à igreja. Naquela época os móveis eram feitos principalmente de vinhático, jacarandá e cabiúna.

Foto: cadeira do acervo do Museu da Casa dos Contos – Ouro Preto (MG). A Casa dos Contos era responsável pelo controle da arrecadação de impostos na antiga Vila Rica.

Os interiores domésticos começaram a se modificar no século XIX com o desenvolvimento de novas técnicas de marcenaria, criação de escolas especializadas e qualificação da mão de obra no Brasil. À medida que a produção em larga escala se tornava possível, o desenvolvimento de peças de baixo custo permitia que um maior número de pessoas tivesse acesso aos móveis.

No século XX, a demanda crescente por móveis de todo tipo intensificou a busca por novos materiais, diminuindo a dependência da madeira como matéria-prima. Surgem produtos feitos de alumínio, aço e plástico. A madeira não desapareceu, mas a urgência de preservar as florestas impulsionou a produção de móveis de maneira sustentável e o reaproveitamento de peças antigas tornou-se uma atitude super valorizada.

De fato, se bem cuidados, os móveis de madeira maciça tem uma durabilidade incrível e podem compor a decoração de uma casa por gerações. Já ouvi várias histórias emocionantes sobre penteadeiras, escrivaninhas e poltronas de família que foram reformadas e colocadas em uso novamente. Para quem ainda está procurando uma peça de madeira maciça para chamar de sua, hoje em dia podemos encontrar móveis de pinho do paraná, pau marfim, freijó, cedro, mogno, jacarandá, entre outras madeiras.

Extraído de CarinaPedro.com em 21/11/2017